Fúria de um homem contra pessoas que cuidam de animais.

21/02/2014 11:10

Na cidade de Cornélio Procópio a Sra. Caroline, indignada com a atitude e ousadia  de um homem filmou a cena de fúria e postou o vídeo e fez o  seguinte comentário:

"Boa tarde amigos do face, POR FAVOR ASSISTAM ESSE VÍDEO. Eu sou natural da cidade de Uberlândia e atualmente moro na cidade de Cornélio Procópio PR. Sempre gostei de animais e faço o que esta ao meu alcance para ajuda-los como estou morando em uma casa alugada e tenho um Pit bull não posso colocar os animais dentro da minha casa, para cuidar deles e depois encontrar um dono, como fazia em Uberlândia. 
Desta forma, a maneira que encontrei de ajudar ou pelo menos de amenizar o sofrimento de cães e gatos que vivem na rua e passam na porta de minha casa foi colocar uma vasilha com água(a qual troco 3 vezes ao dia) e ração a qual coloco somente quando os vejo bebendo água, evitando assim qualquer resto de ração na calçada(o q poderia atrair baratas, por exemplo). Infelizmente nos últimos 4 meses venho tendo problemas com um senhor que mora a 3 quarteirões de distancia da minha casa, mas e dono da casa ao lado a qual ele aluga. Este senhor não quer que eu coloque os potes de água na MINHA CALÇADA. Ele se acha no direito de arrancar os potes, porque, segundo o mesmo os cães que passam por aqui sujam a calçada (lembrando a calçada e um local publico destinado ao transito de pessoas e animais). 
Inicialmente ele retirava os potes e os jogava em um terreno baldio ao lado ou de frente. Por isso passei a prender os potes no portão da minha casa, mesmo assim ele continuou a retirar, ou melhor, arrancar os potes.
Em novembro de 2013 vi ele arrancando o pote de água que estava preso ao portão e fui pedir para que ele por favor não fizesse isso. Ele me xingou muito e disse que não aceitaria de forma alguma o pode de água na MINHA CALÇADA. Diante desta situação falei para ele que se ele retirasse o pote novamente eu iria dar queixa de furto. Depois disso ele não retirou mais o pote, ate esta semana quando ele voltou a retirar. Só essa semana isso ocorreu 3 vezes, sendo que na segunda vez ele veio com um facão e na terceira vez eu o filmei (vídeo em anexo). 
Vocês podem ver no vídeo que ele afirma que vai continuar fazendo isso, me ameaça varias vezes e no final fala que não teria problema algum em "MATAR UM FILHO DA  P#&%#" referindo a mim e ao meu marido. 
Diante disso gostaria de uma orientação sobre o que eu posso fazer a respeito. Esse senhor tem muitas posses e se comporta como um "coronel", sendo assim fico com medo de que ele possa voltar aqui armado ou que ele contrate alguém para fazer isso. Por favor se vocês souberem do ponto de vista legal o que pode ser feito, me ajudem"

Sensibilizados, muitas pessoas compartilharam o vídeo e incentivaram  Caroline a registrar a ocorrência contra a atitude do homem. Várias mensagens de declaração contra o ato da fúria foram deixadas na página do facebook e também mensagens de apoio a Caroline.

FOTOS:
 
 
Fontes: Caroline Queiroz Camargo (Facebook) 
 
Voltar

Pesquisar no site

Sociedade Protetora dos Animais © 2014 Todos os direitos reservados.